Uma verdadeira liderança não se curva ao “impossível”

liderança

Quem vê essa imagem com essa cara de felicidade, logo imagina: Ele ganhou a prova!

Na verdade eu não ganhei a prova, aliás, nem cheguei perto disso. O vencedor da prova daria duas voltas em mim e ainda daria tempo de tomar uma cervejinha me esperando na linha de chegada…kkkkkk

Essa imagem significa a minha vitória contra meu maior adversário: EU mesmo!

Voltando um pouco no tempo, há uns 12 meses atrás, eu me ouvi dizendo: “É IMPOSSÍVEL eu conseguir correr a prova dos 10KM A Tribuna”. (corrida de rua realizada em Santos-SP)

Eu estava me boicotando! 🙁

Lógico que esse meu boicote vinha com várias justificativas: Obesidade, hérnia de disco, colesterol alto, dor de cabeça diária…….etc etc….

Depois de um certo tempo eu percebi que esse discurso “É IMPOSSÍVEL eu conseguir correr 10KM….” não combinava muito comigo, e que algo precisava mudar dentro de mim: Minha mente!

Não pense você que só mudar a mente basta….A mudança da mente é o primeiro passo, mas sozinho não tem efeito algum, era preciso mudar as minhas atitudes.

Sem criar atalhos, comecei por uma parte difícil: A alimentação! Eu adoro comer bem! Porém, meus hábitos eram tão ruins que a mudança deu efeitos imediatos, pois interrompeu um ciclo de alimentação gordurosa e de produtos industrializados.

Melhorando a alimentação, os resultados começaram a aparecer, mas faltava algo que eu odiava fazer: O exercício físico!

Eu estava completamente sedentário e minhas dores serviam de argumentos ferozes para eu fugir de me exercitar.

Quando de repente em uma conversa despretensiosa em família, meu “cunhado cervejeiro* estava começando com um personal, e ia fazer uma aula experimental de exercício funcional na praia.

Era a minha CHANCE!

A corrida era meu objetivo oculto, a minha frase estúpida: “É IMPOSSÍVEL eu conseguir correr 10KM…” doía dentro de mim, mas falar “basta” para isso não era simples, exigia uma grande preparação.

Eu jamais poderia ignorar dores de coluna, joelho e tudo aquilo que me acompanhava antes de resolver iniciar uma atividade física.

Foram 4 meses de treinamento sério, e logo no segundo mês, eu já comecei a sentir que correr 10 km não era mais tão impossível assim.

liderança

Eu já tinha vencido a maior barreira de todas: Minha mente!

Só faltava confirmar o feito no dia da prova, mas mentalmente, eu já estava lá.

desafios

Essa imagem é memorável!! Mostra eu e minha família há 14 anos atrás, quando foi a última vez que havia completado a prova, e hoje (20-05-2018), dia ao qual eu repeti o feito.

Ter o apoio e a participação da minha família foi fundamental.

corrida

Eu aprendi que o “impossível” era uma crença limitante da minha mente, e que cabe a nós, com coragem, preparação, treinamento e determinação, estabelecer os verdadeiros limites da nossa vida.

Uma verdadeira liderança não se curva ao “impossível”.