2 Comentários

  1. LEVI CUNHA

    Há uma alteração importante não observada neste post no que tange a reforma trabalhista. Em vossa análise estão a observar apenas o direito material, com a criação do serviço remoto (teletrabalho).Mas há um grande potencial agregado que poderia ser alvo dos vossos esforços tecnológicos com potencial de ser uma ótima fonte de ganhos no direito processual do trabalho. Com o know how que já tem poderiam com muito pouco esforço desbravar esta nova fonte de prestação de serviços. Se quiserem sobre o tema não deixem de nos chamar via email.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *