Vai comprar smartphone para sua equipe externa? Obtenha tudo o que você precisa!

Quer o melhor orçamento para smartphone? Use o conceito custo benefício.

No histórico dos últimos anos, o custo do smartphone vem diminuindo muito. Certamente, para um futuro próximo, podemos falar que não haverá aparelhos celulares que não sejam “telefones inteligentes”.

Porém, quando falamos de ambiente corporativo, ainda é caro investir em tecnologia móvel por causa da quantidade de aparelhos envolvidos.

Então, cabe a aplicação do conceito de custo benefício para tomar a decisão correta sem optar por “telefones com déficit de inteligência”. O primeiro passo é saber o que você precisa aproveitar do smartphone.

Use a razão ao escolher os smartphones para sua equipe externa. Tome a decisão certa!

Checklist de custo benefício de smartphones
  1. Vou usar somente para “telefone” e enviar e-mail?
  2. Vou usar aplicações de localização para saber onde o funcionário está?
  3. Vou saber o horário de entrada e saída do meu funcionário na visita?
  4. Vou tirar fotos nas visitas ao meu cliente?
  5. Vou gravar vídeos nas visitas?
  6. Vou levar um banco de dados de uma carteira de clientes no aparelho?
  7. Vou preencher dados de uma visita em cada aparelho?

Observe que as possibilidades são inúmeras. Usar o telefone para ligar e mandar e-mail é muito pouco perto das funcionalidades que o smartphone oferece para sua empresa. Uma vez estando claro qual o seu objetivo em fornecer um smartphone ao seu funcionário, o segundo passo é fazer escolhas técnicas adequadas.

Esta publicação foi criada para esclarecer essas dúvidas técnicas. Para isso, convidei o engenheiro eletrônico da Contele, Marco Antônio Fassa. Logo abaixo, ele irá detalhar as melhores escolhas para processador, memória RAM, câmera de fotos e vídeos, qualidade do GPS, memória de armazenamento, velocidade de conexão, bateria etc.

Além da consultoria do nosso engenheiro, você tem acesso a nossa exclusiva pesquisa de mercado de smartphones para equipes externas. Faça o download do documento Lista de smartphones com bom custo benefício e confira os aparelhos que contêm câmeras e que atendem os requisitos mínimos para monitorar o trabalho do seu funcionário externo.

Consultoria de especialista: O que devo pensar antes da e durante a compra de smartphone?

Quem nunca precisou comprar um celular pessoal e encontrou objeções na hora de escolher o modelo perfeito? Entre inúmeras especificações e diferentes usabilidades, então, imagine o quanto é difícil procurar o melhor smartphone para equipe externa e para o trabalho fora da empresa.

Como engenheiro eletrônico da Contele, escrevi este post para ajudar-lhe. Meu nome é Marco Antônio Fassa e o objetivo deste artigo é fornecer um material de apoio para você comprar o smartphone ideal para sua equipe externa. Vamos lá!

Provavelmente você já cogitou comprar um celular para sua empresa e, então, percebeu que esta é uma tarefa nada fácil. Bom, como requisito principal, você deve obter conhecimentos técnicos sobre dispositivos móveis antes de dar os primeiros passos na negociação com qualquer fornecedora de smartphones.

Para você conseguir ter a melhor forma de aquisição, disponibilizamos este conteúdo especializado que te responde a pergunta “Qual seria o modelo ideal de smartphone para um funcionário externo?” e te dá noções técnicas sobre telefones inteligentes.

Desde já, você pode conferir o modelo que mais se adequada ao orçamento e necessidade da sua empresa, fazendo o download gratuito do nosso material exclusivo que lhe mostra  3 opções para você comparar mercados de smartphones.

A seguir, confira os dois pontos principais que você deve ter em mente quando pensar em comprar um celular para sua empresa. E não deixe de ver a descrição das seis partes principais de um smartphone, que com certeza propiciarão o perfeito monitoramento da sua equipe externa.

Antes de pensar no aparelho ideal para seu funcionário externo…

A – Uma operadora pode definir a sua compra!
Antes de escolher qual aparelho você pretende comprar, pesquise qual será a operadora. Se você já tem um plano em alguma, saiba que isso pode significar descontos na compra de um produto e, por conta disso, para comprar novos smartphones, você pode gastar menos.

B – O que define uma conexão rápida com a Internet na hora da compra?
Para ter velocidade de informação, é bom que você invista em um smartphone 4G. Mas, também é bom ficar atento se o lugar onde você mora já tem cobertura de rede 4G, e se a sua operadora oferece pacotes de dados 4G.

As seis partes mais importantes do seu smartphone

Fazendo negócio com um representante de vendas ou indo diretamente ao balcão da loja, você pode tender a adquirir celulares potentes, com funcionalidades incríveis, como uma câmera de 20 megapixels. Mas, sua escolha seria realmente vantajosa para sua empresa?

Na hora de comprar um smartphone, não procure as definições físicas sobre espessura ou tamanho de tela do gadget. Em vez disso, conheça as especificações técnicas sobre o aparelho. A seguir, você entenderá em detalhes o que procurar: a velocidade do processador e da memória do aparelho, o desempenho da bateria, a capacidade da função GPS e os acessórios mais necessários.

1) Tamanho de tela
A indústria de smartphones se esforça dia após dia para colocar no mercado aparelhos cada vez menores. Entretanto, na prática, não há muita diferença entre segurar um modelo com espessura de 6,2 milímetros ou de 6,3 milímetros. Por isso, por mais que peso e espessura sejam itens a serem levados em consideração, eles não devem ser os fatores determinantes para a sua compra.

Já o tamanho de tela tem se tornado uma característica importante, em especial por conta da grande variação que existe na atualidade. É possível encontrar modelos com telas entre 3,5 polegadas e até quase 6 polegadas – o que pode parecer grande demais para muitos usuários colocarem o produto no bolso. O ideal é escolher a tela que melhor se adapte as suas mãos.

Por fim, sabemos que o design de um produto é capaz de agregar valor. A Apple, por exemplo, afirma que boa parte do valor do iPhone se deve aos investimentos em pesquisa para se chegar ao formato ideal para o consumidor. Você pode até escolher o produto pelo design, mas procure aliar um formato de qualidade a um hardware compatível. Um celular bonito e fino não é necessariamente bom ou ideal para o manuseio.

2) Autonomia de bateria
Esse item é obrigatório para quem trabalhar na rua, afinal não é em todo lugar que existe uma tomada para carregar o seu smartphone ou tablet. Esqueçam o item Capacidade da Bateria (mAh)… Isso não quer dizer nada na prática. O que vale nesse item é como cada aparelho usa a bateria.
Vários aparelhos têm menor duração da bateria que outros com maior capacidade em mAh (mili amperés hora). O que você deve olhar na bateria é o tempo de duração de conversão em 3G. Este, talvez, seja o melhor parâmetro para comparar.

3) Processador e Memória RAM
São itens de desempenho, claro. Mas, não há muito o que se preocupar com esses itens. Já que o objetivo é botar a mão e usar o aparelho realmente para trabalho, você não precisa procurar por requisitos para videogames. Eu indico as seguintes configurações mínimas – são recursos suficientes para executar as tarefas de trabalho: processador Dual Core de 1,2GHz e memória RAM de 1GB.

3. a) Você sabe a diferença entre memória RAM e memória de armazenamento?
A memória RAM ajuda a rodar as tarefas do celular. Smartphones têm memória RAM de até 4GB. Uma de suas funções é trilhar o armazenamento dos dados em uso para a memória interna. Esta, armazenamento ou memória interna, é responsável por guardar seus arquivos, sejam músicas, fotos, vídeos, aplicativos, jogos e arquivos. Neste caso, a capacidade varia muito, de 8GB a 128GB – quanto maior for a capacidade, mais avançado será o modelo.

3. b) Quer saber como funciona um processador e qual o objetivo dele no aparelho?
O processador diferencia um celular de um smartphone. Ele é como se fosse o “cérebro” do aparelho. Quanto mais núcleos, melhor é o desempenho do smartphone. Por exemplo, smartphones básicos têm processadores de um ou dois núcleos. Intermediários, possuem dois ou quatro núcleos. Smartphones de alto padrão contam com seis ou até oito núcleos.

4) Máquina fotográfica
Câmeras com 5Mb de resolução já dão conta do recado, quando o assunto é tirar fotos de documentos e trabalhos realizados na rua. Não se preocupe em comprar um celular com uma câmera de 18Mb de resolução! O seu objetivo não é tirar fotos de alta resolução, por exemplo, de paisagens.

Mas, se estiver procurando uma câmera com algo a mais, você deve considerar as configurações. É legal que a câmera tenha 13MP ou mais. E, se você quiser receber fotos mais nítidas, o flash torna-se indispensável.

Além disso, alguns recursos extras podem ajudar mais que o necessário, como a opção HDR. Alguns smartphones fazem vídeos em Full HD, de até 4K de resolução. Estabilizador de imagem, para fotos panorâmicas e em sequência, com comando de voz e gestos também são bons pontos a serem levados em conta.

Nós disponibilizamos uma lista de celulares de bom custo-benefício, que contêm câmeras e que atendem os requisitos mínimos para monitorar o trabalho externo. Ele é parte do material 3 opções para você comparar mercados de smartphones. 

5) A função GPS
O tamanho de tela e bateria são dois recursos importantes para usar o GPS. Na hora da compra, pense na experiência do usuário ao utilizar o sistema. Para facilitar a visualização do mapa, Considere um smartphone com uma tela grande e boa bateria.

Nem todos sabem, mas o aplicativo do Google Maps é uma ferramenta incrível de produtividade. Além da informação de navegação detalhada por GPS, com base no Google Maps para empresas, também é possível fazer o caminho mais rápido e econômico.

Com o trânsito atual das cidades, o recurso GPS tem se tornado cada vez mais importante para a mobilidade do cidadão. Às pessoas que já utilizam o Contele GE, vale lembrar que a função GPS é integrada ao aplicativo.

Então sempre que for até o cliente, você só precisa abrir a agenda de visitas do Contele GE e clicar em um botão específico do sistema que faz a navegação inteligente até o cliente.

6) Acessórios – carregador veicular, suporte GPS veicular e capa protetora
Para utilizar qualquer navegador GPS, muita bateria do aparelho é consumida pelo fato de que é necessário deixar a tela acesa para visualizar o mapa e as rotas. Eu recomendo e friso a compra de um bom carregador veicular para utilizar o navegador GPS do aparelho, sem se preocupar com possíveis imprevistos.

Para itens como carregadores veiculares ou de tomada, vale a pena considerar comprar a versão original, para não danificar a bateria do equipamento, diminuindo a vida útil do produto. Já para suportes e capas, você encontra peças paralelas de excelentes opções em pequenas lojas. Na hora de escolher acessórios para dispositivos móveis, compre cada um separadamente. Eu mesmo passei horas pesquisando na Internet e acabei não encontrando um pacote de aparelhos que viesse com todos esses itens diretamente da fábrica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *