Os prós e contras de utilizar o aparelho do seu funcionário para uso de app de gestão de equipes externas.

Vamos apresentar os prós e contras de utilizar o aparelho do seu funcionário para uso do app de gestão de equipes externa.

Fizemos um apontamento de dois “prós” e dois “contras”, para ajudá-lo a tomar a decisão certa.

Nós consideramos que os “prós” mais convenientes são:

1-) Sua empresa não precisa investir em smartphone.

Este “pró” costuma pesar muito na decisão, pois o investimento é significativo, dependendo do volume de funcionários externos que sua empresa tenha.

2-) A manutenção, a perda e o roubo são por conta do funcionário.

Quando o bem pertence a nós, sempre cuidamos mais do que os de “terceiros”. Isso significa que os cuidados com o aparelho e exposição aos riscos, serão feitos sempre com mais zelo quando são pessoais.

Não estou dizendo que os funcionários avacalham e destroem aparelhos corporativos. Porém, a preocupação com um bem que te pertence é maior comparada ao bem que pertence a sua empresa.

Já vi casos em que a empresa chega a pagar um valor “X” para o funcionário providenciar um smartphone para trabalhar.

Nós consideramos que os “contras” são:

1-) O aparelho do seu funcionário é dele e, portanto, precisa de autorização prévia para instalar o APP

Nós já falamos sobre esse tema em postagem anterior, você não poderá instalar o APP, mesmo que seja para a melhoria da produtividade do seu funcionário, sem a devida autorização dele. Essa autorização deve ser, preferencialmente, por escrito, conforme esse modelo.

Se ele se recusar, não recomendo que instale.

2-) Quando o aparelho é da empresa, as regras de uso do app de gestão de equipes externa é sua.

É isso mesmo que estou falando! Você cria as suas regras (veja acima o modelo de procedimento), mas no aparelho pessoal do seu funcionário, isso não vale!

Vou dar alguns exemplos para você entender melhor:

Exemplo 01-) Um app corporativo pode sofrer interferências de outros aplicativos.

Lembra do Pokemon go? Ele habilita a localização fictícia do GPS, e isso acaba causando interferência na qualidade das posições.

Exemplo 02-) A bateria do smartphone deve começar com 100% para que aguente o dia todo.

Essa disciplina pode ser pedida ao funcionário que usa seu próprio aparelho, porém, não poderá ser exigida dele, e nem ocorrer punição, caso não seja cumprida a exigência.

Essas informações de prós e contras são peças chaves para a tomada de decisão sobre o uso do app de gestão de equipes externa em aparelho do funcionário.

Se você achar que a produtividade fala mais alto nessa história, nós sugerimos o fornecimento dos aparelhos corporativos, pois através dele, seus resultados serão mais rápidos.

Se o investimento ou a manutenção for um problema para sua empresa, instale o app no aparelho do seu funcionário, mas siga as regras com muito cuidado.