Data Driven: Sua Liderança Guiada por Dados

Data Driven: Sua Liderança Guiada por Dados

Em um momento em que as empresas buscam otimizar seus recursos, mais do que nunca, o gestor de equipes externas precisa ter uma Liderança Data Driven.

Não dá mais para o líder ficar correndo o tempo todo para resolver emergências na equipe, sem nunca ter tempo para as ações estratégicas que realmente importam para os resultados.

Se você ainda não é um líder guiado por dados, no post de hoje eu vou mostrar a importância desse método na sua equipe externa.

Um líder produtivo deve ser guiado por dados

Um bom líder de equipes externas tem todas as informações necessárias do seu time de colaboradores na palma da mão.

Sem precisar ir para campo com seus colaboradores o tempo todo, apenas em amostragens e visitas estratégicas.

Isso faz com que o gestor tenha tempo e estabilidade para se preocupar com o que realmente importa para sua gestão.

Desse modo, a tomada de decisão passa a ser baseada em dados reais da produtividade do seu time.

Em um bate papo com especialista em produtividade e gestão do tempo, Christian Barbosa, falamos sobre o Gestor de Equipes Produtivo, olha só:

Como ser um líder Guiado por Dados?

O primeiro passo para aderir a cultura data driven, é definir quais informações são importantes para a sua gestão.

Por isso, o líder deve definir os indicadores chaves da sua equipe.

Se você ainda não tem os indicadores chave de performance da sua equipe definidos, aqui vai uma dica:

Com certeza, seu time tem um funcionário que apresenta os melhores resultados da equipe.

Então, das atividades desse  funcionário deve ser feito um mapa, e  todas as informações relevantes do seu trabalho devem ser coletadas, como:

  • Quanto é vendido por mês, ou semana;
  • Quanto tempo dura sua visita;
  • Quais informações ele coleta do cliente.

Se você tem uma equipe técnica, algumas informações sobre o atendimento também podem ser coletadas e mapeadas, como:

  • O tempo do atendimento;
  • A pontualidade no cliente;
  • Como é avaliado pelo cliente.

Todas essas informações coletadas, devem ser repassadas para o resto da equipe como um modelo a ser seguido.

Além disso, é muito importante treinar a equipe para que ela tenha capacidade de aplicar na prática o modelo que foi passado.

Se a sua equipe externa é comercial, você precisa ler esse post do meu blog em que eu falo sobre o treinamento de vendas externas:

Treinamento de Vendas Externas: A sua empresa pode estar perdendo dinheiro

O que fazer com os indicadores?

Se você já definiu os indicadores, e já treinou sua equipe, o próximo passo é ver o resultado disso na prática.

Para isso, é fundamental ter maneiras de controlar esses indicadores e acompanhar os resultados.

Um exemplo, é criar metas para equipe cumprir, como quantidade de visitas ou tempo no atendimento.

Uso da Tecnologia

Para acompanhar esses indicadores, a tecnologia deve ser sua maior aliada.

O Contele Gestor de Equipes, exibe todos os resultados da sua equipe externa em um Dashboard de Produtividade.

Nele, o gestor tem fácil acesso as informações relevantes do dia a dia da sua equipe e assim pode ter uma visão estratégica da sua gestão.

Conheça o Contele Gestor de Equipes e saiba como um sistema de gestão de equipes externas auxilia na sua liderança guiada por dados.

Participe de Lives Semanais sobre Gestão de Equipes Externas

Se você é gerente, supervisor ou simplesmente cuida da equipe externa da sua empresa, e gostou do conteúdo deste post, gostaria de deixar um convite:

Inscreva-se nas Lives Semanais sobre Gestão de Equipes Externas, com conteúdos gratuitos que vão te ajudar na gestão dos técnicos, vendedores e promotores da sua empresa:

Receba conteúdos no seu celular

Além disso, você pode receber todos os conteúdos novos diretamente no seu celular.

Basta clicar no botão abaixo e nos enviar a mensagem, que iremos te enviar um aviso sempre quando sair um conteúdo novo.