Pule a crise na sua gestão com monitoramento de funcionários externos

Muitos gestores de equipe nos procuram porque existe a sensação de que seus funcionários externos não estão dando o melhor para sua empresa.

Na maioria desses casos, a questão é que os compromissos particulares do funcionário falam mais alto do que o compromisso profissional. E, agora, o que você deve fazer?

Seja qual for dessas situações, se você está passando por isso com sua equipe, tome ciência de que o monitoramento é o seu primeiro passo para contornar esta situação, salvar este seu funcionário e retomar esta sua relação profissional.

Tenha o apoio de citações de estudiosos sobre gerenciamento eficaz de funcionários (vide tópico 2.3), neste artigo publicado no site administradores.com.br.

Procure entender com clareza a rotina do seu funcionário externo com o uso da tecnologia.

Você pode ficar surpreso com o que encontrar!

Alguns de nossos clientes já relataram que, ao implantar o Contele GE, descobriram que seu funcionário faz o famoso “bico para renda extra”, paralelamente, em pleno expediente de trabalho.

Recebi outro dia um relato de um interessado em adquirir o Contele GE porque ele havia descoberto que o seu funcionário recebia salário dele e ganhava comissão do concorrente. Pode isso?

Para mim, CEO que todo dia ouve as necessidades dos gestores de equipes externas, esses problemas de gestão são tão claros quanto o motivo da alta do dólar em 2015.

Monitoramento de funcionários externos garante o quê?

Muitos gestores de equipe nos procuram com a nítida percepção que o monitoramento vai resolver todos os problemas de disciplina do seu funcionário. Mas, monitorar seu funcionário só vai dar a certeza daquilo que você já sente no dia a dia.

A grande questão é: O que fazer depois que tudo fica tão claro?

Demissão ou correção? A demissão é o remédio mais amargo para ambos os lados. Primeiro, por ser a consumação do erro de ambos os lados. Segundo, porque é muito caro demitir um funcionário no Brasil.

A demissão deve ser aplicado nos casos extremos, por motivos de falta de ética, falta de respeito e violação dos valores da sua empresa.

A correção sempre é o melhor caminho. Uma conversa…. duas, muitas vezes.

Para trazer o funcionário para o seu melhor,  valorize as pequenas melhorias e mostre a importância que o funcionário tem para a sua empresa.

É desgastante? Sim, com certeza. Mas, é HUMANO – e é assim que funciona!

O monitoramento de funcionários externos é o primeiro passo a ser dado rumo à recuperação do respeito e da produtividade da sua equipe externa. 

Para isso, você precisa de ferramentas totalmente modernizadas e de pessoas bem humanizadas.

A tecnologia é um meio poderoso de dar informação e de ter o controle do que acontece na rua, mas a figura do líder é humana e insubstituível.

Quer dar os primeiros passos rumo à produtividade? Clique aqui e conheça a sua solução tecnológica.

Tem dúvidas se é permitido rastrear o seu funcionário? Saiba o que a Legislação Trabalhista do Brasil diz sobre rastreamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *