O que você precisa saber sobre reembolso por km rodado para 2019

No post de hoje iremos passar tudo o que você precisa saber sobre o valor de reembolso por km rodado para 2019.

O valor a ser reembolsado por km rodado refere-se às despesas com veículos de propriedade do funcionário.

Para chegar nesse valor é necessário estabelecer o que chamamos de ‘’fator de reembolso’’, que nada mais é o custo por cada km rodado.

Em nossos clientes com carro de passeio, por exemplo, a média de reembolso é de R$0,69 para cada KM rodado. Para motos, fica em torno de R$0,15.

Os principais fatores que influenciam no valor de reembolso são: gasolina, seguro, depreciação, manutenção, impostos (IPVA, licenciamento e seguro obrigatório), limpeza do veículo, entre outros.

Com o passar do tempo, alguns valores sofrem alterações e é necessário sempre que você faça um novo cálculo para um reembolso justo.

Para 2019, listamos os principais fatores que você deve ficar de olho e que influenciam diretamente no valor do reembolso de quilometragem.

Além disso, vamos disponibilizar dois bônus para você ao final do post.

Mudanças no preço do combustível

O preço do combustível é o principal componente que determina o valor de reembolso.

Em 2018, vimos o preço da gasolina subir e apesar de uma greve histórica que parou o Brasil, a sensação – pelo menos a minha é que o preço ainda não parou de aumentar.

Segundo ANP, o preço da gasolina teve um aumento de 8% em 2018, o diesel um aumento de 1,35% e o etanol teve uma queda de 10%.

A Petrobras deixou o preço alinhado com o mercado internacional e “dolarizado” (sob influência do dólar). E isso causou um aumento absurdo do preço do combustível ao consumidor.

Com a definição das eleições de 2018, o cenário aponta para um governo mais aberto à flutuações de preços, que poderia cortar subsídios e controle do preço do combustível.

Desta forma, o preço do combustível pode continuar oscilando sob influência do mercado internacional.

Portanto, usar o exato preço pago na bomba pelo funcionário é a melhor forma de ter um valor de reembolso o mais assertivo possível.

Atualização dos preços do seguro obrigatório, IPVA e licenciamento

O valor do seguro obrigatório também terá um aumento em 2019, em cerca de 11% nos veículos.

O preço médio do IPVA dos veículos ficam na faixa de 2% à 4% do valor do veículo, com variações de acordo com o estado.

E o licenciamento do veículo é outro fator que será atualizado em 2019 e varia de acordo com o estado, em SP por exemplo, será de R$87,38.

Usar os preços do estado do funcionário é uma forma de chegar no valor justo de km rodado.

Inflação

A inflação é o fator que influencia no preço de todos os fatores do reembolso, e por isso deve ter sua devida atenção para 2019.

No ano de 2018, a inflação média foi de 3,62% e a previsão é de que em 2019 seja de 4,25%.

Importância de fazer um reembolso justo e atualizado

Nenhum dos dados acima devem ser calculados diretamente no seu valor de reembolso atual.

O que deve ser feito em 2019 é um novo cálculo para encontrar o seu ‘’fator de reembolso’’.

Isso é importante pois atualizar sempre os valores de reembolso é ser justo com o seu funcionário e com a sua própria empresa.

Quando há discrepâncias no valor, para cima ou para baixo, ambos saem perdendo.

Como fazer o cálculo:

Planilha para cálculo do KM rodado

Para chegar no fator de reembolso por km rodado dos seus funcionários, criamos uma planilha inteligente que faz todo o calculo para você.

Calculadora online de reembolso do KM rodado

Se você deseja chegar no fator com mais rapidez, criamos uma calculadora online de reembolso de KM rodado, que fará esse cálculo para você, com a possibilidade até de imprimir os resultados.


O que você precisa saber sobre reembolso por km rodado para 2019
5 (100%) 2 votos