O que você precisa saber sobre reembolso por km rodado para 2020

O que você precisa saber sobre reembolso por km rodado para 2020

O reembolso por km rodado para 2020 deverá ter diversas alterações.

Esse reembolso por km rodado refere-se às despesas de viagem e locomoção, quando o funcionário utiliza o próprio veículo para trabalhar.

O valor por quilometragem precisa ser periodicamente revisado e alterado, pois depende de fatores que são voláteis, como o preço da gasolina.

Para chegar nesse valor é necessário estabelecer o que chamamos de ‘’fator de reembolso’’, que nada mais é que o custo por cada quilômetro rodado.

No post de hoje, vamos te passar todos os fatores que você deve considerar e, no final, você vai ganhar 2 presentes.

O valor que as empresas pagam no reembolso

Em nossos clientes com carro de passeio, por exemplo, o valor médio de reembolso é de R$0,62 a R$0,88 para cada km rodado. 

Para motos, fica em torno de R$0,25 a R$0,35.

Os principais fatores que influenciam no valor de reembolso são: 

  • Gasolina; 
  • Depreciação e Manutenção (Trocas de óleo, filtros, etc); 
  • Seguro e Impostos (IPVA, licenciamento e seguro obrigatório);
  • Limpeza do veículo, entre outros.

Com o passar do tempo, alguns valores sofrem alterações e é necessário sempre que você faça um novo cálculo para um reembolso justo.

Para 2020, listamos os principais fatores que você deve levar em consideração, e que influenciam diretamente no valor do reembolso de quilometragem

1. Mudanças no preço do combustível

O preço do combustível é o principal componente que determina o valor de reembolso.

Para se ter uma ideia, o combustível representa cerca de 40% do valor de reembolso.

Em 2019, vimos o preço da gasolina sofrer diversas variações durante o ano.

Segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) , o preço médio da gasolina iniciou o ano a R$4,33

Chegou a cair 3,70% no começo de 2019, mas está encerrando o ano a R$4,48, o que representa uma aumento de 3,43% no ano.

Preços Médios do Litro da Gasolina de 2017 a 2019 – G1 / ANP

O dólar é o principal ator nessa variação dos preços da gasolina.

Com as variações do dolar, usar o exato preço pago na bomba pelo funcionário é a melhor forma de ter um valor de reembolso o mais assertivo possível.

2. Atualização dos preços do seguro obrigatório, IPVA e licenciamento

Todo ano o IPVA é corrigido pela inflação e, na média, varia de 1 a 6% do valor total do veículo (FIPE) dependendo do estado.

Em São Paulo, a taxa mais alta de IPVA deve chegar em 4% do valor do veículo.

O conselho que posso dar é ver o valor exato que e pago no IPVA pelo funcionário, e repassar isso para o cálculo de reembolso.

Além disso, o licenciamento também varia de acordo com o estado, e o ideal é também verificar o valor exato pago pelo funcionário externo.

A boa notícia é a extinção do seguro obrigatório (DPVAT), com efeito já para o ano de 2020.

Assim, esse custo deverá ser tirado do cálculo do reembolso

3. Inflação

A inflação influencia no preço de todos os fatores do reembolso, e por isso deve ter sua devida atenção para 2020.

No ano de 2019, a inflação média foi de 3,42% e a previsão é de que em 2020 seja de 3,78%.

Importância de fazer um reembolso justo e atualizado

Nenhum dos dados acima devem ser calculados diretamente no seu valor de reembolso atual.

O que deve ser feito em 2020 é um novo cálculo para encontrar o seu ‘’fator de reembolso’’.

Isso é importante pois, sempre atualizar os valores de reembolso, é ser justo com o seu funcionário e com a sua própria empresa.

Quando há discrepâncias no valor, para 

cima ou para baixo, ambos saem perdendo.

Reembolso por KM Rodado como Ferramenta de Produtividade

O que poucos sabem é que o reembolso por km rodado pode ser usado para aumentar a produtividade da equipe externa.

Visitas podem ser consideradas um dos fatores de produtividade de um funcionário externo.

Uma vez que o km rodado significa a realização de visitas, então é fato que esse modelo aumentará a produtividade de quem trabalha na rua.

É como um estímulo natural para a realização de mais visitas.

Veja no vídeo abaixo, como o reembolso por km rodado é o modelo certo para aumentar a produtividade da sua equipe:

Como fazer o cálculo para reembolso:

Assim como prometido, vou dar dois presentes para você aprender a fazer o cálculo na sua empresa:

[Ebook] Guia para Reembolso por KM Rodado

Neste material você vai aprender a calcular o fator de reembolso por km rodado de maneira técnica e justa.

Baixe já o Guia de Reembolso por KM Rodado e aprenda a fazer o cálculo hoje mesmo.

Calculadora Online de Reembolso do KM rodado

Se você deseja chegar no fator com mais rapidez, criamos uma calculadora online de reembolso de KM rodado. 

Basta preencher poucos campos, que a calculadora fará esse cálculo para você, com a possibilidade até de imprimir os resultados.

Participe de Lives Semanais sobre Gestão de Equipes Externas

Se você é gerente, supervisor ou simplesmente cuida da equipe externa da sua empresa, e gostou do conteúdo deste post, gostaria de deixar um convite:

Inscreva-se nas Lives Semanais sobre Gestão de Equipes Externas, com conteúdos gratuitos que vão te ajudar na gestão dos técnicos, vendedores e promotores da sua empresa.

Receba conteúdos no seu celular

Além disso, você pode receber todos os conteúdos novos diretamente no seu celular.

Basta clicar no botão abaixo e nos enviar a mensagem, que iremos te enviar um aviso sempre quando sair um conteúdo novo.